Campanha Resgatando Famílias – Semana 1

RESGATANDO FAMÍLIAS – ATRAVÉS DA ORAÇÃO

Não existe nada melhor ou até mesmo, algo com o qual podemos comparar, o fato de aceitarmos a Jesus e experimentarmos o fruto de uma vida transformada pelo Espírito Santo.

Desde o momento em que somos perdoados e visitados pelo Espírito Santo, nasce em nós o ardente desejo de que outras pessoas experimentem a mesma alegria, a mesma leveza e a mesma transformação que nós sentimos.

Este desejo deve permanecer sendo o alvo de nossa peregrinação terrestre. Mas, para levar a mensagem de vida eterna aos nossos amigos e familiares, temos que ter o cuidado de não sermos chatos, inconvenientes ou falarmos sem parar. Pelo contrário, precisamos agir com muita sabedoria para atrair as pessoas a Cristo.

Muitas vezes trocamos os pés pelas mãos e ao invés de os aproximar de Deus, nós os afastamos ainda mais. Somente ele tem o poder de transformar todas as situações e de amolecer os corações mais endurecidos, para que o evangelho penetre e a salvação se torne realidade.

Por esse motivo, aprenda com Jesus o princípio de orar sempre, em todo o momento e de forma convicta e determinada, pois:

“… a oração de um justo tem muito poder”. Tg 5:16b

Tenha em mente que: “As pessoas podem muitas vezes nos evitar, ou não nos dar oportunidades de falarmos de Deus para elas, mas elas são incapazes de nos impedir de falarmos delas para Deus”.

Nossas boas intenções devem ser acompanhadas de muita oração para que a palavra que saia da nossa boca seja sempre “agradável, temperada com sal, para que nós saibamos como nos convém responder a cada um”. Colossenses 4:6

Quando entendemos a importância vital da oração neste processo de resgatar os nossos familiares para Cristo, prontamente nos comprometemos a fazer da oração uma prática constante e facilmente “nos colocaremos de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra, para que, além de sermos fortalecidos com Seu poder e alicerçados em Seu amor, possamos compreender que Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós” (Efésios 3:14-20).

O poder dele opera em nossas vidas, mas também através de nossas vidas. E se quisermos sermos realmente sal e luz em meio aos nossos familiares, primeiro devemos apresentá-los a Deus em oração, confiando que “aquele que sonda as mentes e os corações” (Rm 8:27) faça, através do Seu Espírito, o trabalho que lhe compete, isto é, “convencer o homem do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:8).

Portanto, vá além da teoria e decida-se fazer algo prático a respeito disso, começando por apresentá-los a Deus em oração:

  • Ore diariamente por sua família
  • Clame para que a mão misericordiosa de Deus esteja estendida em favor da sua família.
  • Ore por sabedoria e estratégias eficazes para que a sua abordagem seja honesta e cheia de graça, desprovida de qualquer tipo de preconceito ou acusação.
  • Suplique para que o Senhor providencie situações para que outros servos Dele possam ter a oportunidade de se encontrar com seus familiares para compartilhar o evangelho de forma gentil, porém poderosa.
  • Peça ao Senhor que Ele quebre as barreiras emocionais, materiais e espirituais que impedem os seus queridos de abrirem os corações à Ele.
  • Ore para que seus familiares mantenham um bom relacionamento com o nosso Pai celestial.

Madre Teresa de Calcutá disse:

“A oração aumenta o coração até que ele seja capaz de conter o presente de Deus, que é Ele mesmo”.

 

Deus vos abençoe!

Pr. Fábio Della Pasqua

Post a comment

© 2018 MCPJersey. by Agência Mega Pixel